PATRULHA DA CENTRAL
29/04/2020 04:40 em Novidades

OCORRÊNCIAS DA PM DE DESTAQUE DAS ÚLTIMAS 24 HORAS

 

Abaeté – Polícia Militar recupera materiais furtados e prende autor do delito

Nesta terça-feira, 28 de Abril de 2020, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima, informando que havia um transeunte, em atitudes suspeitas, no centro da cidade. O homem deslocava-se sentido ao Bairro Simão da Cunha, carregando uma televisão grande e uma sacola na mão.
     
Imediatamente, uma guarnição policial deu início ao rastreamento e, de acordo com as características repassadas, localizou W.D.C., 30 anos.

Com o suspeito foi encontrada uma televisão  de 42 polegadas;  seis garfos; seis facas; nove latinhas de 250 ml de cerveja; seis pacotes de balas; três pacotes de biscoitos recheado; R$9,75 (nove reais e setenta e cinco centavos) em moedas e um bloco de pedidos de um restaurante.
      
EM ato contínuo, os Policiais Militares deslocaram-se ao estabelecimento comercial e se depararam com a porta de entrada da cozinha arrombada e o painel sem a televisão.

Face ao exposto, o autor foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Pompéu – Posse ilegal de arma de fogo e prisão do autor

A Sala de Operações recebeu solicitação da vítima, I.S.N., de 23 anos, relatando que seu ex amásio havia lhe encaminhado uma foto, via whatsApp, com uma arma de fogo apontada para a própria cabeça.

De imediato as guarnições deslocaram ao comércio indicado pelas vítimas e onde o autor L.F.V.S., de 25 anos, se encontrava, sendo localizado e abordado. Durante buscas pelo quintal do comércio onde o autor trabalha, foi encontrado uma arma de fogo com duas munições intactas.

A arma de fogo estava escondida em cima de uma pilastra atrás de um cômodo do comércio. O autor alegou que está passando por diversos problemas pessoais e que sua intenção era tirar a própria vida. Relatando ainda que, conseguiu a arma de fogo nesta data pela manhã quando deslocou até a Fazenda onde seu pai trabalha, arrombou a porta e subtraiu a arma que estava em cima de um guarda-roupa.

Durante o registro do REDS, compareceu ao quartel PM o senhor E.S.N., alegando que nesta data tomou conhecimento que o autor foi até a fazenda onde trabalha e arrombou a porta, quebrou janelas, arrombou três cadeados das porteiras e revirou toda a casa, porém não percebeu a falta de qualquer objeto ou material, negando ser o proprietário da arma.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao autor que foi conduzido a presença da autoridade policial competente, junto a arma, munição e aparelho celular aprendido.

 

Divinópolis - Polícia Militar recupera telefones celulares produtos de crime e prende autores

Na tarde de terça-feira (28/04), policiais militares da Sétima Companhia de Policiamento Especializado e do Vigésimo Terceiro Batalhão realizaram a prisão de três autores e um adolescente infrator. Com eles foram localizados 08 (oito) aparelhos produtos de crime e dinheiro.

Durante patrulhamento pelo bairro Porto Velho, as guarnições abordaram o autor O.D.O., 19 anos, e um adolescente de 16 anos, na Rua Sargento Valério, em atitudes suspeitas. Durante as buscas, o adolescente foi questionado e assumiu a autoria do roubo de três celulares ocorridos no sábado (25/04).

Indicados pelos abordados, os policiais deslocaram à Rua Mateus Leme, onde localizaram um casal, V.S.S., 35 anos (masculino), e L.C.D., 28 anos, (feminino). Com eles foram localizados 03 (três) telefones que haviam sido furtados, 01 (um) aparelho de procedência duvidosa e dinheiro.

Em continuidade às diligências, os policiais deslocaram nas proximidades da linha férrea, na Rua Mateus Leme, onde o adolescente os mostrou mais 05 (cinco) aparelhos. Diante dos fatos, os três autores e o menor infrator foram conduzidos à Delegacia juntamente com o material apreendido.


Agência Regional de Comunicação Organizacional

 

Bom Despacho - Tráfico ilícito de drogas

Durante operação Batida Policial, nesta terça-feira (28), por volta das 10h47, os militares abordaram na esquina da Av. Dr. Juca com Rua Hélio Resende, C.D.A.C., G.M.S, L.C.B, e K.M.G.S e, quando os policiais foram desembarcar para realizarem a abordagem, C.D.A.C. se levantou, vindo a levar a mão no bolso da bermuda e logo em seguida levou a mesma mão à boca, engolindo algo não identificado. C.D.A.C. alega ter engolido um cigarro de maconha; durante a busca pessoal em nele este tentou desfazer com o pé direito de uma pedra de tamanho considerável, análoga à crack, a qual estava embalada em plástico filme. Também foi localizado com ele a quantia de R$10,00 (duas cédulas de cinco). Com o menor G.M.S e L.C.B não foram localizados nada de ilícito, sendo que esta última estava de posse de um telefone celular de procedência duvidosa, o qual foi apreendido. Com a menor K.M.G.S., foi localizado em um primeiro momento, apenas um telefone celular, de procedência duvidosa, o qual também foi apreendido e a quantia de R$45,00 material este que K.M.G.S., entregou após ser solicitada pelos militares.

Posteriormente, com o auxílio de outra equipe policial militar, foi realizada uma varredura pelas imediações da Rua Hélio Resende, sendo localizado no tronco de uma árvore, uma bucha de substância esverdeada, análogo à maconha. Em um lote vago, existente na esquina das Ruas Hélio Resende com Leopoldina, foi localizado na parte interna do lote, próximo ao muro da Rua Hélio Resende, mais quatro buchas de uma substância esverdeada, análogo à maconha, prontas para o comércio. Na mesma esquina, onde seria a calçada deste lote vago, com Rua Hélio Resende, foi localizado também pelos militares, debaixo de um pedaço de muro pré fabricado, mais duas embalagens plásticas de chup chup, contendo em uma, 13 pedras pequenas e avulsas e na outra mais 6 pedras pequenas e também avulsas, de uma substância amarelada e com odor análogo à crack. Havia ainda neste mesmo local, mais três porções amarradas em uma mesma sacolinha de chup chup, de uma substância de cor amarelada e com odor análogo à crack e que estava com aspecto de farinha, pronta para o comércio. Debaixo deste mesmo pedaço de muro, também havia mais 05 buchas de uma substância esverdeada e com odor análogo à maconha. Os militares salientaram que neste local onde foi localizado a maior parte do entorpecente, é de fácil monitoramento a distância para quem fica na esquina da  Avenida Dr. Juca com a Rua Hélio Resende, local este utilizado pelos traficantes, para a comercialização das drogas. Na sequência da varredura, também foi realizado o mesmo procedimento da Rua Itabirito, ao lado do número 90, em um terreno baldio, sendo que onde seria a calçada deste terreno, foi localizado pela equipe policial militar, debaixo de um pedaço de concreto, mais duas buchas de uma substância esverdeada e com odor análogo à maconha, prontas para o comércio.

Na delegacia, K.M.G.S. veio a dispensar na lixeira, uma pequena pedra amarelada, a qual estava devidamente embalada em plástico filme, sendo que esta substância foi retirada de dentro do lixeira pela própria K.M.G.S., a qual entregou a substância aos militares dizendo o seguinte: “pra ajudar vocês mais um pouquinho”. Diante a situação, foi solicitado um apoio a uma agente da Policia Civil, a qual realizou uma busca minuciosa nas duas adolescentes, sendo localizado nas vestes de K.M.G.S. mais três buchas de uma substância esverdeada e com odor análogo à maconha. Com os demais conduzidos, nada mais foi localizado após busca minuciosa. Posteriormente os militares receberam informações dando conta que os donos da boca existente na esquina da Av. Dr. Juca com Rua Hélio Resende, seriam H.J.S. e um indivíduo com alcunho de Paulo Pedra. Ainda segundo as informações na data do dia 27/04/2020, segunda-feira, foi abordado H.J.S, na esquina citada, estando o último cidadão mencionado de posse da quantia de R$1.031,00 em moeda corrente, e sabe-se que H.J.S.  não tem atividade lícita. Ambos não foram localizados nas imediações do local, durante a intervenção policial, nesta data.

A menor K.M.G.S.  é companheira do menor G.M.S. os quais são conhecidos no meio policial pela prática de tráfico de drogas; os dois são vistos constantemente no local da intervenção policial. Contudo, nesta data, apenas K.M.G.S. estava no local.

Foram encaminhados a Delegacia os quatro abordados, com todo o material arrecadado  para providências cabíveis. Um conselheiro tutelar acompanhou e auxiliou os menores, no registro.

 

COMENTÁRIOS
CLICK! Conheça a ASPRA